América do Sul,  Brasil,  Canela,  Gramado,  Porto Alegre,  Rio Grande do Sul,  Serra Gaúcha,  Sul,  Três Coroas,  Viagem Nacional

Minha primeira viagem ao Rio Grande do Sul: Porto Alegre e Serra Gaúcha

Lembram que eu falei que a viagem pra Buenos Aires viciou minha família em viajar? Então. Seis meses depois fomos para o Rio Grande do Sul, e vou te contar mais sobre essa decisão e a viagem em si!

Nossas férias de janeiro de 2015 estavam para ser definidas entre dois destinos: Florianópolis, em Santa Catarina, ou Gramado, no Rio Grande do Sul. Eu sei que são dois lugares completamente diferentes, mas eram os que a gente mais queria e estavam com os preços possíveis.

Enfim, na hora de escolher, duas coisas pesaram na decisão: minha mãe preferir Gramado e Floripa não ser muito amigável com aqueles que não dirigem. E eu já contei que minha mãe não dirige e, na época, eu ainda tinha 17.

Gramado, então, mostrou os encantos da decoração de Natal na sua arquitetura típica e compramos as passagens para Porto Alegre.

Mercado Central de Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Rio Grande do Sul

Saímos de São Paulo bem cedinho, num voo da finada Avianca Brasil, e o relógio ainda nem marcava 10h quando chegamos no Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, para uma série de perrengues que eu conto depois.

Passamos o dia na cidade e então pegamos, na rodoviária, um ônibus da Citral rumo a Gramado, nosso principal destino pelos próximos quatro dias.

Centro de Gramado

Hospedadas na Pousada Stillo Gramado, foram dias de muito ajuste e jogo de cintura para não estourar o cartão em uma cidade tão cara quanto Gramado. Mas com jeitinho a gente conseguiu, já que andar de ônibus é sempre uma ótima opção.

E aliás, falando em ônibus, é bom lembrar que muitas atrações na Serra Gaúcha são distantes umas das outras. Mas nada que um bom planejamento não resolva.

Praça das Etnias em Gramado, Rio Grande do Sul

Conhecemos também Canela, aquele cidade super fofa e vizinha de Gramado, além de um templo budista incrível em Três Coroas, também na Serra Gaúcha.

Templo Budista de Três Coroas

O Rio Grande do Sul foi uma viagem tão gostosa que eu tenho vontade de refazê-la nos mínimos detalhes. Talvez mudando apenas uma coisa: minha irmã não ia perder, de novo, o celular dela. Mas isso eu conto nos próximos posts.

Links Úteis

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *