Europa,  França,  Guia Prático,  Intercâmbio,  Paris,  Torre Eiffel,  Viagem Internacional

Tudo sobre a Torre Eiffel: guia prático para a sua visita

Quer saber tudo sobre a Torre Eiffel? Tendo em vista que já contei a minha experiência com a Torre Eiffel, deixo aqui um guia simples, prático e direto para você ter todas as suas dúvidas sanadas!

Neste post você vai encontrar: a história da Torre Eiffel, um raio-x dos seus andares, horários de funcionamento, opções de subida, valores, como chegar, dicas, links úteis e descontos!

Tudo sobre a Torre Eiffel

Ela é o símbolo de Paris e o ponto alto de muitos turistas na cidade. Imponente, um dos mais altos edifícios de Paris pode ser visto de diversos lugares da cidade, e pra mim, ela é muito mais interessante quando vista do que quando visitada. Contudo, é impossível rejeitar Paris sobre seus 324 metros. E para isso, reserve um tempinho do seu planejamento de viagens para a burocracia dos pontos turísticos.

História e raio-x dos andares

Enfim, voltando um pouquinho no tempo, ela foi construída em 1889 por Gustave Eiffel, e o objetivo inicial da Torre Eiffel era homenagear o centenário a Revolução Francesa. Em seguida, em 1909, ela virou uma antena de transmissão de rádio – o que a salvou da demolição, e hoje, é um dos monumento mais visitado do mundo.

Torre Eiffel em meio às árvores das ruas de Paris

Atualmente ela é dividida em três andares. Os dois primeiros abrigam restaurantes, cafés, máquinas ATM, bilheterias e sanitários, enquanto o último é “apenas um mirante”. Mas acho importante pontuar que a partir dos três é possível observar a cidade por meio de telescópios. Inclusive, vale a pena parar em todos, viu! Cada um tem seu charme.

Leia também: De Roma até Paris com a Air France: minha experiência

Horário de funcionamento

Em suma, a Torre Eiffel abre diariamente e emprega cerca de 600 funcionários durante e depois dos horários de funcionamento. Durante o verão, ela abre das 09h30 às 23h45, enquanto nos outros meses do ano, o horário oficial é das 10h30 às 18h30.

Você pretende subir a Torre Eiffel de escada ou elevador?

Antes de mais nada, precisamos falar sobre isso. Pode parecer uma questão sem muita importância, mas ela define muitas coisas. De antemão, se você optar pelas escadas, terá de subir 704 degraus até o segundo andar. Bem como, para dias de semana, só poderá comprar os ingressos na bilheteria da Torre. O que significa enfrentar filas. Como alguém que subiu e desceu tais degraus, eu desaconselho esta opção.

Estrutura da Torre Eiffel vista pela parte de baixo

Por outro lado, com o elevador você pode comprar seus bilhetes pela internet. Apesar de uma opção mais cara, ela é mais confortável e não deixa bolhas nos seus pés. Além disso, para acessar o último andar você precisa comprar outro ingresso, de elevador. Fique atento a essa opção!

Valores

Mudando para uma parte bem importante da visita, os preços, antes de mais nada devo avisar que seus preços costumam ser atualizados anualmente, sendo os válidos para 2021:

  1. Para as escadas (até o segundo andar)
    • Adultos (a partir de 25 anos): 10,50 euros
    • Jovens (12 a 24 anos): 5,20 euros
    • Crianças (4 a 11 anos) e pessoas com deficiência: 2,60
  2. Para o elevador (até o segundo andar)
    • Adultos (a partir de 25 anos): 16,70 euros
    • Jovens (12 a 24 anos): 8,40
    • Crianças (4 a 11 anos) e pessoas com deficiência: 4,20
  3. Para a escada + elevador do segundo ao terceiro andar
    • Adultos (a partir de 25 anos): 19,90 euros
    • Jovens (12 a 24 anos): 9,90 euros
    • Crianças (4 a 11 anos) e pessoas com deficiência: 5 euros
  4. Para o elevador + elevador do segundo ao terceiro andar:
    • Adultos (a partir de 25 anos): 26,10 euros
    • Jovens (12 a 24 anos): 13,10 euros
    • Crianças (4 a 11 anos) e pessoas com deficiência: 6,60 euros
  5. Crianças de até 4 anos não pagam

Como chegar até a Torre Eiffel?

Continuando, chegar até ela é simples, porque quatro estações dão acesso ao ponto turístico:

  1. Bir Haiken, da linha 6 do metrô
  2. Trocadéro, também da linha 6 (ela fica um pouco mais afastada, cerca de 15 minutos andando, mas é o ponto preferido para tirar fotos)
  3. Champs de Mars – Torre Eiffel, da linha C do RER.
  4. École Militaire, da linha 8 do metrô.

Além disso, você também pode chegar de ônibus ou caminhando. Isso porque Paris é pequena e plana, então andar pela cidade é sempre um passeio maravilhoso em si. E ele pode terminar com a Torre Eiffel de cereja do bolo!

Leia também: Diário de Intercâmbio em Paris: Arco do Triunfo, Champs-Elysées e Rue de Rivoli

Quando você pode visitar a Torre Eiffel?

Vista de Paris a partir da Torre Eiffel

Por mais que ela fique aberta sempre, certos períodos do ano – como o verão – , concentram mais turistas e complicam um pouquinho a situação. Ao mesmo tempo, ela só fica aberta até mais tarde de junho até o fim de agosto, então, se você quer ver Paris do alto durante o pôr-do-Sol, considere os meses mais quentes.

Dicas da Camille

Por fim, separei algumas dicas de quem já morou em Paris e quer que sua viagem seja incrível!

  1. Se você optou por subir a Torre pelas escadas mesmo, procure dias de semana depois das 19h para evitar filas muitos longas.
  2. Se vai de elevador, considere comprar os ingressos pela internet. Eles vão te livrar das filas. Mas para a alta temporada, os bilhetes costumam acabar bem rápido. Por isso a organização com antecedência pode te livrar de perrengues.
  3. Se não há ingressos disponíveis para o terceiro andar no seu dia e horários de preferência, é recomendado comprar até o segundo andar mesmo e por lá comprar o bilhete para o último patamar.
  4. Todos os dias ela acende em diferentes padrões à noite. Então não deixe de admirá-la depois que o sol se põe em uma das inúmeras pontes da cidade ou nas margens do Sena. Afinal, andar à noite em Paris era uma das coisas que eu mais amava fazer quando morava lá.

Finalmente, agora é só pegar o metrô e se deliciar com o monumento, os restaurantes e a incrível Paris e seus pontos turísticos vistos de cima.

Tudo sobre a Torre Eiffel: Links Úteis

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *