América do Sul,  Brasil,  Canela,  Gramado,  Porto Alegre,  Rio Grande do Sul,  Serra Gaúcha,  Sul,  Três Coroas,  Viagem Nacional

Minha primeira viagem ao Rio Grande do Sul: Porto Alegre e Serra Gaúcha

Nossas férias de Janeiro de 2015 estavam para ser definidas entre dois destinos: Florianópolis, em Santa Catarina, ou Gramado, no Rio Grande do Sul.
Dois lugares completamente diferentes. Eu sei, mas eram os que a gente mais queria e estavam com os preços OK.
Na hora de escolher, duas coisas pesaram na decisão: minha mãe preferir Gramado e Floripa não ser muito amigável com aqueles que não dirigem. E eu já contei que minha mãe não dirige e, na época, eu ainda tinha 17.

Gramado, então, mostrou os encantos da decoração de Natal na sua arquitetura europeia e compramos as passagens para Porto Alegre.

Saímos de São Paulo bem cedinho, num voo da Avianca, e o relógio ainda nem marcava 10h quando chegamos no Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, para uma série de perrengues que eu conto depois.

Passamos o dia na cidade e então pegamos, na rodoviária, um ônibus da Citral rumo a Gramado, nosso principal destino pelos próximos quatro dias.

Hospedadas na Pousada Stillo Gramado, foram dias de muito ajuste e jogo de cintura para não estourar o cartão em uma cidade tão cara quanto Gramado. Mas com jeitinho a gente conseguiu, já que andar de ônibus é sempre uma ótima opção.

E falando em ônibus, é bom lembrar que muitas atrações na Serra Gaúcha são distantes umas das outras. Mas nada que um bom planejamento não resolva.

Conhecemos também Canela, aquele cidade super fofa e vizinha de Gramado. Além de um templo budista incrível em Três Coroas, também na Serra Gaúcha.

O Rio Grande do Sul foi uma viagem tão gostosa que eu tenho vontade de refazê-la nos mínimos detalhes. Talvez mudando apenas uma coisa: minha irmã não ia perder, de novo, o celular dela. Mas isso eu conto nos próximos posts.

Links Úteis

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *