América do Sul,  Chile,  Cidades Históricas,  Museus,  Parques,  Passeios Culturais,  Roteiros,  Santiago,  Viagem Internacional

Bairro Yungay em Santiago: um ótimo passeio “lado b” na capital do Chile

O Bairro Yungay em Santiago é um daqueles lugares que não aparece em todos os guias de viagem. Mas é possível que, seguindo um roteiro tradicional, você passe por ele e nem perceba! Foi mais ou menos isso o que aconteceu comigo, quando fui a Santiago em julho de 2019.

Aqui você vai encontrar: a localização geográfica do Bairro Yungay em Santiago, sua história, o que fazer por lá, como chegar e links úteis da região

Bairro Yungay em Santiago

Eu descobri Yungay depois de conhecer o Museu da Memória e dos Direitos Humanos e o Museu Nacional de História Natural, no Parque Quinta Normal. Passei a manhã entre um museu e outro, e na hora de voltar para o centro de Santiago, resolvi caminhar. Vocês estão cansados de ler que eu amo andar quando viajo. E esse aqui é um dos principais motivos: é assim que a gente descobre cantinhos incríveis!

Parque Quinta normal nos arredores do Bairro Yungay em Santiago

Yungay é um desses lugares maravilhosos. Depois de uma manhã emotiva, de muita história, ciência e cultura, coloquei meus pés para jogo e comecei a andar. O centro da capital está a mais ou menos 30 minutos caminhando do Parque Quintal Normal. E Yungay fica no meio do trajeto.

Onde fica?

Sendo assim, Yungay corresponde ao quadrilátero entre o Parque Quinta Normal, a Avenida San Pablo, a Avenida Libertador Bernardo O’Higgins e a Avenida Ricardo Cumming. A partir dali temos o Bairro Brasil, e sinceramente, vou tratar os dois como um lugar só. Essa é uma decisão prática, para não ter que explicar o tempo todo. Mas saibam: até a Ricardo Cummings é Yungay. Dali até a Avenida Manuel Rodrizes, Bairro Brasil.

           

Também por uma questão prática, inclui a área do Parque Quinta Normal no parque. Isso porque visitar tudo num dia só é o mais recomendado. Então, pra que complicar?

Por outro lado, e de uma maneira mais fácil, eu diria que Yungay fica onde você pode encontrar casarões históricos e muita arte de rua. É assim que seus olhos vão identificar a área. Inclusive, foi exatamente assim que eu percebi que aquela era uma região muito interessante.

História da região

Pesquisando um pouco, descobri que Yungay é um dos bairros mais antigos da cidade. Ele foi fundado em 1839, em comemoração à vitória das forças chilenas sobre exército da Confederação Peru-Boliviana na Batalha de Yungay, no Peru.

Dessa forma, a criação do bairro se deve ao então presidente José Joaquín Prieto, que impulsionou a ocupação da área. Aos poucos, famílias ricas começaram a se estabeler por ali, erguendo os lindos casarões que ainda preenchem as ruas do Bairro Yungay em Santiago. Grande parte das edificações do bairro são desse período, assim como o desenvolvimento da infraestrutura principal da área.

Ao longo dos anos a região passou por processos de diversificação populacional, com a chegada de famílias da classe trabalhadora, e uma subsequente migração da elite para outros bairros da cidade. A partir de 1930, esse movimento se intensificou e foi seguido por uma diminuição dos investimentos públicos no local. Junto da falta de recursos dos novos moradores, de acordo com o site La Casa de Juana, todo esse contexto resultou na deteriorização dos espaços físicos de Yungay.

Sua revitalização é um processo recente e ainda em andamento. Ele coincide com esforços do poder público e também com novos processos de ocupação do espaço. Por exemplo, podemos citar a chegada de novos moradores, mais jovens, e também do trabalho de residentes mais antigos. Eles querem resgatar o patrimônio do Bairro Yungay em Santiago, reforçando sua tradição e sentimento de pertencimento.

O que ver e fazer?

Contudo, esse processo ainda está acontecendo. E foi por isso que, ano passado, eu encontrei várias ruas do bairro com aspecto de abandonadas. Por muito tempo eu era a única caminhando por ali. E eu tenho uma lógica: se o lugar é vazio demais, em qualquer canto do mundo, eu não tiro meu celular ou câmera da bolsa. E é por isso que eu não tenho fotos das ruas, casas e grafites maravilhosas de Yungay.

Mas isso não me impede de contar para vocês todos os programas legais que o bairro oferece!

1. Caminhar pelas ruas

Tem programa melhor? Em Yungay, é andando que você vai descobrir as ruas mais gracinhas. Além disso, junto dos casarões históricos estão os grafites e pichações inerentes ao bairro.

2. Visitar parques, praças, museus e centros culturais

Minhas recomendações são:

a. Parque Quinta Normal e seus museus (Museu Nacional de História Natural, Museu de Ciência e Tecnologia, Museu Ferroviário de Santiago, Museu de Arte Contemporânea e Corporação Cultural Balmaceda).

b. Museu da Memória e dos Direitos Humanos

c. Planetário da Universidade de Santiago

d. Artequin

e. Biblioteca de Santiago

f. Artequin

g. Museu Gabriela Mistral

h. Centro Cultural Matucana 100

i. Parque Portales

j. Teatro Novedades

k. Casona Y

l. Plaza Yungay

m. Plaza Brasil

3. Procurar prédios históricos

Yungay está cheio de prédio históricos e bem legais para admirar. Por isso, aqui vai uma pequena lista duas igrejas interessantes, mas eu garanto que é mais legal se perder pelas ruas e “caçar” as construções.

a. Parroquia San Saturnino

b. Iglesia Padres Capuchinos – San Antonio de Padua

4. Comer

Por fim, turistar dá fome, né? Por isso, recomendo parar para comer em algum dos restaurantes e cafés de Yungay. Peguei algumas recomendações de outros blogs e sites para deixar aqui para vocês

a. Peluqueria Francesa

Este não é só um restaurante. Mas uma barbearia, museu e centro de defesa do patrimônio cultural de Yungay. $$$

b. El Huaso Enrique

Culinária chilena com apresentações de cuenca. $$

c. Fuente Mardoqueo

Tradicional rede de sanduicherías de Santiago. $$$

d. Espacio Gárgola

Restaurante misturado com loja de antiguidades! $$

e. Zarita

Contudo, também temos comida peruana. $$

f. El Chancho Seis

Vegetariano. $

g. Caleta 94

Restaurante especializado em frutos do mar. $$$

h. El Verde Que Te Quiero Verde

Por fim, mais um vegetariano. $$

Como chegar em Yungay?

Enfim, consegui te convencer a passar umas horas por lá? Então aqui vai uma ótima notícia: é super fácil chegar até o bairro. Eu recomendo descer na estação Quinta Normal do metrô (Linha 5 – Verde) e fazer o trajeto sentido centro de Santiago. Contudo, outra opção é fazer o caminho contrário: caminhar desde o centro até a região do Parque Quinta Normal.

Links Úteis: Bairro Yungay em Santiago

Museu Nacional de História Natural

Museu da Memória e dos Direitos Humanos

Peluqueria Francesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *