Chile,  Cidades Históricas,  Gastronomia,  Parques,  Passeios Culturais,  Pontos Turísticos,  Roteiros,  Santiago

O que fazer na Providencia, em Santiago: museus, restaurantes, parques e mais

O bairro chileno da Providencia costuma ser muito procurado por conta de suas opções de hospedagem. Mas ele tem muito mais a oferecer do que apenas hotéis! Nesse post eu vou te contar o que fazer na Providencia, em Santiago.

Antes de tudo preciso dizer que esse post só existe porque eu me hospedei na Providencia, mas quase não aproveitei o bairro. Por isso, não quero que você cometa o mesmo erro.

Leia também: Como é se hospedar no Newen Kara Hostel, na Providencia

Neste post você vai encontrar: os bairros da comuna, o que fazer na Providencia, em Santiago, como chegar ao bairro, links úteis e descontos para a sua viagem.

Índice

Comunas de Santiago

O que fazer na Providencia

1. Parques e praças
2. Museus e Centros Culturais
3. Prédios históricos e Monumentos
4. Compras
5. Restaurantes e Cafés
6. Bares e Baladas
7. Bairros e Ruas de Interesse
8. Igrejas

Como chegar

Links úteis

Descontos

Sabia que Santiago é formada por comunas?

Bairro da Providencia em Santiago

Área do bairro Manuel Montt

Antes de começar a falar sobre o que fazer na Providencia, queria situar vocês na organização da cidade de Santiago. Como a cidade era muito grande, foi decidido que seria mais fácil criar subdivisões. E assim surgiram as comunas que, juntas, formam a capital do Chile. Ela é formada por 32 comunas integrais e 11 comunas parciais.

As comunas mais conhecidas são Santiago (que abrange o centro), Providencia, Las Condes, Quinta Normal, Recoleta e Pudahuel (onde fica o aeroporto). E bom, por mais que a gente chame essas regiões de bairros, elas são comunas, que por sua vez possuem bairros próprios!

Parece confuso, mas é só pensar em cidades que são divididas em distritos, e dentro deles temos bairros. No caso de Providencia, ela é uma comuna residencial, de classe média-alta, que conta com 28 bairros. Os mais famosos são o Barrio Bellavista, Barrio Italia, Barrio Manuel Montt e Barrio Sanhattan, que fica na divisa com Las Condes.

Mas você não precisa saber disso tudo. No fim, chamamos a Providencia de bairro mesmo e tá tudo bem. Contudo, para facilitar a sua vida, vou indicar ao lado de cada atração em que bairro ela está. Assim, você consegue ter uma visão mais clara da região.

O que fazer na Providencia?

Na região da Providencia você pode conhecer alguns museus, teatros e igrejas, além de encontrar muitos restaurantes, bares e baladas incríveis, como os da região da Bellavista. Contudo, as grandes atrações da Providencia são seus parques! Além, é claro, do Sky Costanera, o prédio mais alto da América Latina que faz divisa com o bairro de Las Condes.

Se você se hospedar pela região, pode fazer várias coisinhas separadas no fim de cada dia em Santiago. Mas se esse não for o caso, recomendo passar um dia inteiro por lá. De preferência, a tarde e a noite. Assim você consegue curtir de tudo um pouco!

Além das atrações mais óbvias, a Providencia é uma ótima área para caminhar. Suas ruas são super organizadas, bem arborizadas, com avenidas mais largas e muitas regiões residenciais. Como o bairro é mais chiquezinho, é legal ver os casarões e prédios com sacadas enormes. E bom, os restaurantes e cafés sempre dão um charme a mais nessas caminhadas.

Eu fiz isso no meu último dia em Santiago, voltando do Costanera Center para o meu hostel. Andei durante cerca de meia hora por entre ruas lindas, bem tranquilas e recheadas de casas absurdas.

1. Parques e praças

Começando pelas grandes estrelas de Pronvidencia, os parques! São mais de 15 praças e parques na comuna, sendo que todos são gratuitos. Quer saber mais sobre eles? Então vamos lá!

Cerro San Cristóban (Barrio Bellavista)

O mais conhecido deles com certeza é o Cerro San Cristóban, que na realidade, fica dentro do Parque Metropolitano de Santiago. Ele é imenso, conta com uma série de atrações e, se você quiser, pode até ser um programa de dia inteiro.

O parque figura como a maior área verde de Santiago, com 700 hectares de extensão e o quarto maior parque urbano do mundo! Além de estar na Providencia, ele também ocupa parte das comunas de Huechuraba, Recoleta e Vitacura, com dezenas de opções culturais, de recreação, educação ambiental e esportivas.

Algumas delas são o Zoológico Nacional, o Bosque Santiago (com atrações como anfiteatro, viveiro e exibições da fauna chilena), um Jardim Japonês, o Cerro San Cristóban em si, muitos mirantes para ter vistas incríveis de Santiago e mais. Ah, eu não poderia deixar de mencionar o teleférico e o funicular, que são duas das atrações mais procuradas.

Endereço: para quem está na providência, os três principais acessos são os portões:

  • 1 Pío Nono (Pío Nono 450, Recoleta – estação Baquedano),
  • 2 Carlos Reid (Av. Santa María – estação Manuel Montt),
  • 3 De Valdivia Norte (Pedro de Valdivia Norte – estação Pedro de Valdivia).

Funcionamento: todos os dias, das 08h30 às 19h. É importante notar que os horários do funicular, teleférico, ônibus e atrações dentro do parque podem ter horários de funcionamento diferentes.
Ingressos: a entrada é gratuita, contudo, tudo depende de como você vai fazer isso. Entrar a pé ou de bicicleta é gratuito, mas você precisa pagar para usar o teleférico, funicular, ônibus ou entrar de carro. Da mesma forma, várias atrações lá dentro são pagas.
Mais informações: site do Parque Metropolitano de Santiago

Plaza Camilo Mori (Barrio Bellavista)

A Plaza Camilo Mori tem nada mais, nada menos do que um castelo! Sim, vocês leram certo – na verdade é um hotel, mas a gente finge. Esse cantinho adorável de Bellavista não é uma grande atração, mas a praça é muito bem cuidada, fica no centro de vários outros pontos de interesse da região e tem uma atmosfera gostosa para descansar um pouco.

Endereço: Plaza Camilo Mori (estação Baquedano).
Mais informações

Parque Bustamante (Barrio Parque Bustamante)

Imagina um parque bem comprido, cheio de coisas para fazer. Imaginou? Esse é o Parque Bustamante, que fica beeeem na divisa de Providencia com Lastarria. Algumas atrações fixas são o antifeatro, o Café Literário Municipal, skatepark e um parquinho para crianças. Além disso, o local também abriga atrações temporárias! É o caso da pista de patinação no gelo, que se instala durante o inverno

Endereço: Parque Bustamante (estações Baquedano e Bustamante).
Funcionamento: todos os dias, das 10h às 21h.
Entrada gratuita
Mais informações

Parque Balmaceda (Barrio Salvador)

Muito parecido com o Parque Forestal, o Parque Balmaceda percorre a margem do Rio Mapocho até a Plaza Balmaceda, onde vira o próprio Parque Forestal. Muito arborizado, com pistas para caminhadas e andar de bicicleta, ele também conta com extensos gramados e bancos. Além disso, por lá você encontra o Café Literário, um café biblioteca.

É um ótimo lugar para descansar ou uma alternativa para caminhar em suas andanças por Santiago. Eu, por exemplo, preferi andar pelo parque no meu primeiro dia na cidade, enquanto fazia o trajeto Providencia > Centro. Foi uma delícia!

Endereço: Parque Balmaceda.
Funcionamento: aberto 24 horas.
Entrada gratuita
Mais informações

Plaza a la Aviación (Barrio Salvador)

No final do Parque Balmaceda você vai encontrar a Plaza a la Aviación, com o Monumento a la Aviación e a Fuente Bicentenario. Ela é bem bonita e exibe jogos de água – e cores, todos os dias.

Endereço: Plaza a la Aviación.
Funcionamento: aberto 24 horas.
Entrada gratuita
Mais informações: Plaza a la Aviación e Fuente Bicentenario

Parque Uruguay

Santiago gosta de parques contínuos, sabe? Assim que a Plaza a la Aviación termina, começa o Parque Uruguay. E ele percorre a margem do Rio Mapocho até o Costanera Center.

Endereço: Parque Uruguay.
Funcionamento: aberto 24 horas.
Entrada gratuita
Mais informações

Parque Ines de Suárez (Barrio Ines de Suárez)

Ele é um dos parques mais ecléticos e bem equipados da Providencia. Com grandes gramados, fileiras de palmeiras, áreas de alimentação, fontes, monumentos, brinquedos para crianças e uma programação esportiva e cultural muito ativa. Sabe aquele parque onde sempre tá rolando alguma coisa? Então, em Santiago esse é o Parque Ines de Suárez.

Endereço: Antonio Varas, 1510 (estação Ines de Suárez).
Funcionamento: de segunda, das 08h às 18h. De terças a domingos, das 08h às 22h.
Entrada gratuita
Mais informações

Plaza Las Lilas e Plaza Loreto Cousino (Barrio La Lilas)

Elas ficam do ladinho uma da outra e fazem muito sucesso entre as crianças. São vários equipamentos infantis e muitos gramados para os pequenos queimarem sua infinita energia. Na segunda, rola feirinha de culinária no primeiro domingo do mês! Vale a pena conferir.

Endereço: Eliodoro Yañez (estação Cristóbal Colón).
Funcionamento: de segunda, das 08h às 18h. De terças a domingos, das 08h às 22h.
Entrada gratuita
Mais informações

2. Museus e Centros Culturais

La Chascona (Barrio Bellavista)

Um dos museus mais procurados de Santiago fica na Providencia. Ele é o La Chascona, uma das casas de Pablo Neruda que você pode visitar no Chile. Neruda mandou construí-la para sua amante Matilde Urrutida, e hoje em dia ela é um “museu destinado a difundir a vida do poeta disponibilizando acesso aos ambientes íntimos em que viveu e criou”, de acordo com o site oficial da Fundación Neruda.

Além disso, a casa também conta com uma pinacoteca de pintores chilenos e estrangeiros, uma coleção de artigos africanos, móveis e objetos de Piero Fornasetti.

Endereço: Fernando Márquez de la Plata, 0192 (Estação Baquedano).
Funcionamento: de terça a sábado, das 11h às 16h.
Ingressos: de 2.500 a 7.000 CLP. A tarifa inclui audioguia em português.
Mais informações

Montecarmelo Centro de Artesanía Nacional (Barrio Bellavista)

O conjunto de arquitetura colonial foi construído em 1887, e de lá pra cá já foi casa de muitas coisas. De convento de monjas enclausuradas a feira de artesanato, o prédio é muito bem conservado, e hoje em dia, também funciona como centro cultural. Dessa forma, as atividades são organizadas pela “subprefeitura” de Providencia, e coexistem com as feira de artesanato.

Endereço: Bellavista, 0594 (Estação Baquedano).
Funcionamento: de segunda a sexta, das 09h às 19h. Aos sábados, das 10h às 14h.
Ingressos: entrada gratuita, a depender da atividade realizada.
Mais informações

Espacio Fundación Telefónica (Barrio Parque Bustamante)

O Espacio Fundación Telefónica é um centro cultural da empresa de telecomunicações, e além de estarem em Santiago, eles também possuem espaços em Madrid, Buenos Aires, Lima e Quito. Em Santiago, são 900m² de exposições e atividades culturais focadas em inovação, tecnologia e criatividade.

Endereço: Providencia 127 (estação Baquedano).
Funcionamento: de segunda a sexta, das 09h às 20h. Aos fins de semana, das 11h às 20h.
Ingressos: acesso gratuito, com exposições que podem ser pagas.
Mais informações

Museo Benjamín Vicuña Mackenna (Barrio Parque Bustamante)

Benjamín Vicuña Mackenna foi um político e historiador chileno, e você pode conhecer mais sobre ele no Museo Benjamín Vicuña Mackenna. Que fica na Avenida Benjamín Vicuña Mackenna. Ele foi intendente da província de Santiago por quatro anos, de 1872 a 1875, e muitas de suas ações na localidade estão detalhadas no museu.

Lá você vai encontrar uma exposição permanente, dividida em três alas: Monumento Histórico, Vida Pública de Benjamín Vicuña Mackenna e Legado Urbano, e uma sala destinada a exposições temporárias.

Endereço: Vicuña Mackenna, 94 (estações Baquedano e Parque Bustamante).
Funcionamento: de terça a sexta, das 09h30 às 17h30, e aos sábados das 10h às 14h. Visitas guiadas precisam ser agendadas previamente.
Entrada gratuita
Mais informações

Casa Museo Eduardo Frei Montalva (Barrio Infante/Barrio Santa Isabel)

Eduardo Frei Montalva foi um dos presidentes do Chile, e como o nome sugere, o museu está instalado na casa onde ele morou por mais de 40 anos. Lá você vai aprender sobre a gestão do presidente e também sobre sua vida pessoal

Endereço: Hindenburg, 683 (estações Parque Bustamante e Santa Isabel).
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h. Fechado em todo o mês de fevereiro.
Ingresso: de 700 a 1.300 CLP, entrada gratuita no último domingo do mês.
Mais informações

Museo Histórico de Carabineros (Barrio Ines de Suárez)

Os carabineros são os policiais do Chile, e esse museu apresenta uma linha do tempo com a história dos carabineros no país. São 10 salas que passam por todo o desenvolvimento do Chile, desde a invasão espanhola até os dias atuais. Além disso, ele é bem bonito por dentro e por fora, e talvez só isso já valha a visita.

Endereço: Antonio Varas, 1690 (estação Ines de Suárez).
Funcionamento: 
de segunda a quinta, das 10h às 17h. De sexta, das 09h às 16h.
Entrada gratuita
Mais informações

Centro Cultural de España (Barrio Salvador)

Já perceberam que a Providencia ama um centro cultural, né? E um deles é o Centro Cultural de España. Que se define como “um espaço aberto à diversidade, com uma perspectiva inclusiva e um ponto de encontro onde confluem todas as manifestações e reflexões socioculturais em constante reconhecimento dos direitos culturais”.

Suas atividades são divididas em artes visuais, ciência e tecnologia, cinema, comunidade, artes cênicas, infantil, letras e músicas. E sabem o mais legal disso? Qualquer um pode enviar uma proposta artística para o Centro! Eles vão avaliar e podem financiá-la.

Endereço: Providencia, 927 (estação Salvador).
Funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 20h. Aos sábados, das 11h às 14h.
Entrada gratuita
Mais informações

Fundación Cultural de Providencia (Barrio Manuel Montt)

A fundação, criada em 2014, tem como objetivo difundir e promover as artes na comuna da Providencia. Para isso, uma série de atividades culturais são organizadas no lindo prédio da fundação. Que inclusive, fica do ladinho do metrô.

Endereço: Nueva Providencia, 1995 (estação Pedro de Valdivia).
Funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 19h. Aos sábados, das 11h às 19h.
Entrada gratuita
Mais informações

Museo Parque de las Esculturas (Barrio Pedro de Valdivia Norte)

Museu ou parque. Parque ou museu. Na verdade, museu e parque. Esse espaço ao ar livre fica ao lado do Parque República del Equador e exibe uma série de esculturas de grandes artistas chilenos. É um lugar bem gostoso para conhecer, principalmente com crianças.

Endereço: Santa María, 2205 (estação Los Leones).
Funcionamento: todos os dias, das 08h às 20h45.
Entrada gratuita
Mais informações

3. Prédios históricos

Casa de las Gárgolas (Barrio Parque Bustamante)

A casa de estilo neogótico chama a atenção por suas gárgolas. Ela foi construída em 1930, lembra as típicas construções de filmes de terror e, atualmente, é a sede do Conselho de Monumentos Nacionais. Não é possível visitá-la internamente.

Endereço: Avenida Vicuña Mackenna, 84 (estações Baquedano e Parque Bustamante).
Mais informações

Palacio Falabella

O prédio de 1930 é do estilo renascentista e, atualmente, abriga a subprefeitura da Providencia. Mas você pode visitá-lo! Não há informações claras sobre a visitação nos sites oficiais, por isso recomendo entrar em contato com a própria subprefeitura para isso.

Endereço: Pedro de Valdivia, 963 (estação Ines de Suárez).
Funcionamento: não informado.
Entrada gratuita
Mais informações

Casa Lo Contador (Barrio Pedro de Valdivia Norte)

Se você gosta de arquitetura, vai querer dar uma passadinha na Facultad de Arquitetura, Diseño y Estudios Urbanos da Universidad Católica de Chile. Ela fica na Providencia e um dos seus prédios é a Casa Lo Contador. Considerada um dos grandes exemplos de construção de adobe em arquitetura rural, ela têm todas as suas características bem preservadas e chama bastante atenção.

Endereço: El Comendador 1912-1974 (estações Los Leones e Pedro de Valdivia).
Mais informações

4. Compras

Shopping Costanera Center e Sky Costanera (Barrio Los Leones)

O Costanera Center é um centro financeiro e comercial. E lá estão dois pontos que podem te interessar. O Shopping Costanera Center e o Sky Costanera.

Você vai encontrar o maior shopping e o mais edifício da América Latina um do ladinho do outro. Mas calma. A entrada do shopping é gratuita, enquanto é preciso pagar cerca de R$ 200 para subir no Sky Costanera.

Se quiser fazer compras, não esqueça de levar seu passaporte até o centro de informações do shopping e pegar seu cartão de descontos! Turistas pagam menos em várias lojas do complexo, por mais que elas já não sejam baratas de qualquer forma.

Endereço: Andrés Bello, 2425 (estações Tobalaba e Los Leones).
Funcionamento: para o Sky Costanera, todos os dias das 11h às 20h. Para o shopping, todos os dias das 10h às 20h.
Ingressos: para o Sky Costanera, de 10.000 a 20.000 CLP.
Mais informações

Boulevard Drugstore (Barrio Los Leones)

Se você prefere lugares nem tão óbvios, recomendo o Boulevard Drugstore. Ele possui uma série de lojas super legais e diferentes, voltadas para design, roupas e decoração, além de gastronomia.

Endereço: Providencia, 2124 (estação Los Leones).
Funcionamento: todos os dias, das 10h30 às 19h. A abertura das lojas pode variar.
Mais informações

5. Restaurantes e cafés

A Providencia é lotada de restaurantes, cafés, bares e baladas. Por isso, fiz uma seleção bem robusta e vou colocar poucos detalhes sobre cada um deles. Acredito que assim fica mais fácil para vocês.

Barrio Bellavista
  • Patio Bellavista – centro comercial focado em alimentação, com uma série de opções disponíveis ($ – $$$$).
  • Peumayén Ancestral Food – restaurante que trabalha com as raízes gastronômicas do Chile ($$$).
  • Azotea Matilde – restaurante de comida chilena muito bem avaliado em um rooftop com ótima vista ($$$).
  • Very Kitsch – restaurante extremamente kitsch hahahahaha, voltado para a gastronomia latina ($$).
  • Mezcla Cafetería – café moderno com opções de refeições ($).
  • Polvobar de Vinos – winebar com ótimas opções de refeições ($$$).
  • Krossbar – meio bar, meio restaurante com ares americanos ($$).
  • Uncle Fletch – hamburgueria com cervejas artesanais ($$).
Barrio Baquedano
  • Café Literario Balmaceda – café e livraria no meio do Parque Balmaceda ($).
  • Cafe Vincent – restaurante fofíssimo, com comida caseira e ares de jardim ($$).
  • El Zocalo – especializado em culinária mexicana ($$).
Barrio Parque Bustamante
  • Restaurante Eugenia – restaurante simples e com preços acessíveis ($$).
  • Original Green Roasters – café com vibes rústicas, focado em brunchs ($$ – $$$).
Barrio Italia
  • Verde Sazón – restaurante vegetariano e vegano com pratos mega criativos ($$).
  • Vegan Bunker – culinária vegana e vegetariana no estilo fast food ($$ – $$$).
  • Lala Leelu Pastelería Fina – confeitaria chique cujos pratos têm uma apresentação divina ($$).
Barrio Dalmacia
  • Barra Fundiciøn – cafeteria tradicional super focada em cafés ($$).
  • The Raj – restaurante de gastronomia indiana ($$).
Barrio Ines de Suárez
  • La Hacienda Gaucha – restaurante focado em parrillas ($$).
  • Tu Cevichazo – gastronomia peruana especializada em ceviches ($$).
  • Sí! Acaí – café fofinho com algumas comidas brasileiras ($).
Barrio Salvador
  • Café Black Mamba – café focado em brunchs (e com cara de casa) ($$).
  • Cafeteria Cafetales – cafeteria com cardápio clássico em prédio histórico ($$).
  • De Canela Café y Helados – sorveteria super fofa e com opções de lanches ($).
Barrio Manuel Montt
  • MoonBunny Café – um café kawaii pra você conhecer na América Latina ($$).
  • Plataforma 516 Cafetería – café temático de Harry Potter ($$ – $$$)!
  • Martuca – fast food com opções de bebidas ($$ – $$$).
  • Cariño Coffee – cafeteria aconchegante e super colorida ($$ – $$$).
  • Eggy Cafetería – restaurante focado em cafés da manhã e brunchs ($).
  • Domani – pizzaria com ares de happy hour ($$).
  • El Taller – café e sorveteria clássica ($$).
Barrio Parque Uruguay
  • Aquí Está Coco – restaurante requintado (e caro) de gastronomia chilena ($$$$).
Barrio Los Leones
  • La Salvación – restaurante chileno fora da caixa ($$$).
  • Le Bistrot de Gaetan – gastronomia francesa com preços acessíveis ($$).
  • Cafe LeFournil – café tradicional com opções de brunch ($$).
  • Giratorio – restaurante bem famoso que gira, bem devagar, enquanto você come ($$$).
  • Paseo Orrego Luco – espaço ao ar livre cheio de restaurantes e bares ($ – $$$$).
  • Paseo Las Palmas – centro comercial com várias opções de restaurantes ($ – $$$).
  • Mama Chau’s – gastronomia chinesa ($).
  • Patas Nenetta Chile – culinária italiana com massas artesanais ($$ – $$$).
  • Don Bono Coffee & Bakery – cafés da manhã e lanches com direito a pão de queijo ($$).
  • 99 Restaurante – gastronomia experimental em ambiente rústico ($$$$).
  • COFI – café moderninho e com preços legais ($$).
  • Krossbar – meio bar, meio restaurante com ares americanos ($$).

Agora, é só escolher os favoritos!

6. Bares e baladas

Aqui, sigo a mesma lógica do tópico anterior.

Barrio Bellavista
  • Siete Negronis – bar mega famoso por seus drinks ($$).
  • Jardín Mallinkrodt – “jardim” de food trucks com ares de bar ($$ – $$$).
  • La Feria – balada de música eletrônica.
  • Backstage Life – gastropub com música ao vivo ($$$).
  • Kunstmann Kneipe – bar focado em cervejas ($$).
Barrio Parque Bustamante
  • Gran Refugio Bar Stand Up Comedy – bar com shows de stand up ($$).
  • Chueca Bar – bar LGBT.
Barrio Italia
  • Galpón Italia – bar descontraído e com espaço ao ar livre ($$).
  • Ruca Bar – bar especializado em gim ($$).
  • Pepperland Bar – bar vegetariano e vegano ($$).
  • Siam Thai – bar com cardápio inspirado na gastronomia tailandesa ($$).
Barrio Manuel Montt
  • Ramblas Bar Restaurante – bar e restaurante extremamente bem avaliado ($$$).
  • Mito Urbano – restobar que vira balada ($$ – $$$).
  • Bao Bar – bar de culinária asiática com muitas opções de drinks ($$$).
  • Bar Liguria – um dos bares mais tradicionais de Santiago ($$).
  • Prima Bar – bar de experiência focado em produções artesanais ($$$).
Barrio Salvador
  • Fausto Discotheque – balada LGBT ($$)
  • Bravo 951 – bar alternativo com apresentações de bandas indie ($$).
Barrio Tobalaba
  • Flannery’s Beerhouse – pub irlandês tradicional ($$).
  • Moloko – bar inspirado no filme Laranja Mecânica ($$).
Barrio Los Leones
  • El Honesto Mike – bar/restaurante com foco em hambúrgueres e cervejas ($$).
  • Club Subterraneo – bar e balada.

Agora, é só escolher os favoritos!

7. Bairros e Ruas de Interesse

Población León XIII (Barrio Bellavista)

Vila de casinhas fofas, que são consideradas uns dos primeiros conjuntos habitacionais do país.

Endereço: Entre as ruas Bellavista, Isabel Riquelme, Nueva Dardignac, Capellán Abarzúa, Antonia López de Bello e Melchor Concha (estação Salvador).
Mais informações

Barrio Italia

O bairro fica bem no comecinho da Providencia, perto do Parque Bustamante, e é conhecido por seus restaurantes italianos e lojas de antiguidades. 

Endereço: Entre as ruas Condell, Italia, Rancagua e Seminario (estação Santa Isabel).
Mais informações

Calle Viña del Mar (Barrio Parque Bustamante)

A rua é formada por um conjunto de casinhas que são a coisa mais fofa do mundo. Elas parecem casinhas de vila, bem preservadas, sabem? Elas foram inspiradas pelo modelo de “cidade jardim”, criado por Ebenezer Howard na Inglaterra, e foram adaptadas a 18 casinhas na Providencia.

Ah, a Casa de las Gárgolas fica no finalzinho dessa rua.

Endereço: Calle Viña del Mar, entre as Avenidas Ramon Carnicier e Vicuña Mackenna (estação Parque Bustamante).
Mais informações

Población de la Caja del Seguro Obrero (Barrio Salvador)

Construída em 1929 pelo arquiteto Ricardo González Cortés, o conjunto arquitetônico consiste em 30 casinhas super fofas e coloridas. Vale a pena visitar!

Endereço: Calle Valenzuela Castillo, entre as Avenidas José Manuel Infante e Román Díaz (estação Salvador).
Mais informações

Calle Keller (Barrio Salvador)

Uma das ruas mais famosas da Providencia, ela é um monumento nacional e também segue os modelos da “cidade jardim”, dessa vez, com arquiteturas diferentes. A rua ainda é super arborizada e estreitinha, dando a impressão de que estamos em uma cidade pequena.

Endereço: Calle Keller, entre as Avenidas Manuel Montt e Luis Barros Valdés (estação Ines de Suárez).
Mais informações

Barrio Manuel Montt

Foi onde eu me hospedei! O bairro é super jovem, descoladinho e um dos principais polos gastronômicos da Providencia.

Endereço: entre as avenidas Manuel Montt, Pocuro, Providencia e Pedro de Valdivia (estações Manuel Montt, Pedro de Valdivia e Ines de Suárez).
Mais informações

Barrio William Noon (Barrio Manuel Montt)

Conjunto de casinhas que parecem de contos de fadas!

Endereço: entre as Avenidas Manuel Montt, General del Canto, Alberto Magno e Eliodoro Yañez (estação Manuel Montt).
Mais informações

8. Igrejas

Parroquia La Epifania del Señor (Barrio Bellavista)

Essa igrejinha vermelha e super simpática, inaugurada em 1916, é considerada o símbolo da região de León XIII.

Endereço: Bellavista, 0488 (estação Salvador).
Mais informações

Parroquia Santos Angeles Custodios (Barrio Parque Bustamante)

O edifício neorenascentista é conhecido por seus vitrais e abóbada de berço.

Endereço: Rodolfo Vergara, 0252 (estação Baquedano)
Mais informações

Nuestra Señora de la Divina Providencia (Barrio Manuel Montt)

Igreja construída entre 1881 e 1890, de arquitetura renascentista e muitos detalhes decorativos.

Endereço: Nueva Providencia, 1619 (estações Manuel Montt e Pedro de Valdivia).
Mais informações

Catedral Castrense de Chile (Barrio Los Leones)

Se sua arquitetura não impressiona, o melhor fica no altar. Lá a gente encontra o Mural e Pedro Lira, considerado um Monumento Histórico do Chile.

Endereço: Los Leones, 71 (estações Los Leones e Tobalaba).
Mais informações

 

Como chegar à Providencia?

Se você não estiver hospedado na região, pode chegar à Providencia de metrô, ônibus ou andando. Lembrando que táxis não são recomendados para turistas em Santiago (falei mais nesse post), e apps de transporte não são regulamentados na cidade.

É importante lembrar que a Providencia é um bairro enorme, com 14km², então leve isso em consideração na hora de montar seu roteiro! Afinal, seus pontos de partida e saída são essenciais para planejar um dia estratégico.

Metrô

Caso opte pelo metrô, pode descer nas estações:

  1. Baquedano, Salvador, Manuel Montt, Pedro de Valdivia, Los Leones e Tobalaba, todas da linha L1 Vermelha.
  2. Outra opção é pegar a linha L5 Verde, e descer nas estações Baquedano, Parque Baquedano ou Santa Isabel.
  3. Ou nas estações Ines de Suáerz, da linha L6 Roxa, ou a Francisco Bilbao, da linha L4 Azul.

Ônibus

As opções de ônibus na Providencia são quase ilimitadas. Por isso, tente escolher linhas que passem pelas avenidas principais do bairro: Avenida Providencia, Rancagua, Francisco Bilbao, Eliodoro Yañez e Los Leones.

Por isso, não vou listar as linhas aqui, mas recomendar que você use o site Rome2Rio para descobrir a melhor alternativa pra você!

Andando

No geral, Santiago é uma cidade plana, o que significa que andar por suas ruas é uma delícia! Se você gosta de caminhar quando viaja, pode ser uma boa levar isso em consideração quando pensar em o que fazer na Providencia. Por que não andar por meia hora antes de chegar ao seu destino?

Links úteis

Mapa do metrô de Santiago

Site oficial da subprefeitura

Planejando a sua viagem: descontos!

Seguro viagem: 5% de desconto na Seguros Promo com o meu link

Airbnb: até R$ 350 de desconto em hospedagens e experiências (válido para o primeiro cadastro)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *